COMO E A QUE CUSTO O AVANÇO DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL VAI AJUDAR NA SUA VIDA

COMO E A QUE CUSTO O AVANÇO DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL VAI AJUDAR NA SUA VIDA -

Aquele momento que ao entrar no estabelecimento, o dono já sabe o que oferecer para você, afinal é um cliente antigo. Essa relação de fidelidade era muito vista nos mercadinhos, padarias e lojas de bairros, geralmente em cidades menores. Mais agora essa fidelidade e conhecimento do cliente passam a ser ditadas e direcionadas a partir de algoritmos repletos de informações pessoais dos seus desejos e necessidades.

Isso quer dizer que se você segue sua dieta de forma correta – CORRETA MESMO – comprando sempre produtos com baixas calorias, o segmento de petiscos tentadores não aparecerá para você, e uma pessoa que possui alergia a certos produtos, será alertada sobre o quanto contém de determinado ingrediente que alimenta essa reação. Pensando bem, esses avanços que a tecnologia traz serão de bom grado a todos, correto?

E então, mas a que custo teremos toda essa comodidade e melhoria no dia-a-dia, afinal é claro que tudo tem um valor. As empresas passaram a ter todas as informações possíveis sobre você: seus gostos, saúde, desejos, sonhos, necessidades, quantas pessoas possui na sua família, e diversas outras. Uma quantidade cada vez maior de informação está sendo armazenada a cada compra e acesso que realiza nos meios tecnológicos. E já estamos acompanhando vários dos problemas que ocorre na utilização de forma inadequada desses dados e o quanto pode afetar ao cair em mãos erradas.

Somos induzidos e instigados sem ao menos saber que essas informações já são coletadas diariamente e nem percebemos, mas ainda em uma frequência menor e de forma mais cautelosa. E você deve notar que a cada compra nos cartões deixamos um rastro dos nossos gostos e locais que frequentamos, os testes e divulgações que realizamos nas redes sociais informam nosso comportamento, e cada busca realizada informam ainda os nossos desejos e necessidades. E você já chegou a perceber isso, sabe aquele produto que você vem pesquisando há tanto tempo e após algumas pesquisas o modelo começa a perseguir você no e-mail, nos acessos que realizam e que surgem nas barras laterais, nas redes sociais, entre outros locais que essas propagandas surgem.

Todas essas informações são armazenadas e utilizadas, mas tirando esses detalhes de privacidade que estamos acompanhando, voltamos a focar nas vantagens que esses avanços podem nós proporcionar. A intenção do mercado ao utilizar esses algoritmos é de personalizar ao máximo a experiência de compra, e esses programas de fidelização já ocorrem há um tempo e com a utilização desses sofisticados formatos de analise dos dados, estão transformam uma linha de ligação direta para a mente dos clientes.

Em outro ambiente que podemos observar esse método que vem sendo utilizado de forma surpreendente são os supermercados estrangeiros que em alguns casos conseguem realizar sua compra antecipadamente, identificando os itens que provavelmente você compraria. Uma das ferramentas que temos presente no Software da AJX (Automação Comercial), que também contribui nessa experiência de compra, é a da informação dos últimos pedidos. Podemos citar como exemplo se você pede sempre pizza de calabresa, podemos identificar seu sabor preferido e até mesmo deduzir o “pedido de sempre”. Lembrando que ao falar do nosso sistema ainda contamos com a ajuda de um funcionário para auxiliar nos processos e temos apenas a captação dos dados de forma positiva em comum.

Voltando a falar diretamente sobre a inteligência artificial, empresas americanas vêm implantando um estudo sobre “prateleiras digitais” um novo mercado onde os clientes podem transmitir anúncios, trailers de filmes e que fazem a alteração dos valores de forma automática, e ainda com a utilização do aplicativo você é guiado para encontrar os produtos da lista de compra de forma rápida. Esse auxilio dos aplicativos como ferramenta, também vem sendo novidade em junção dos avanços em uma necessidade dos clientes. Imagina aquele dia corrido, que você precisa passar no supermercado no horário do almoço ou até mesmo no final do expediente, mas não pode perder muito tempo e não consegue encontrar um produto específico que precisa, seria uma ferramenta muito útil.

E ainda, o estudo faz a captação com dispositivos e sensores no teto que informam as condições dos produtos disponíveis monitorando os que faltam nas prateleiras. Os softwares de inteligência artificial estão captando informações de forma contínua dos clientes e sendo utilizadas no processo de venda/compra, podendo dizer que dados são muito valiosos e devem ser observados com cautela em relação à privacidade de cada pessoa.


  Automação