Campanha da Microsoft para os usuários abandonarem o Windows 7

Campanha da Microsoft para os usuários abandonarem o Windows 7 - Windows 7 para Windows 10

Windows 7 para Windows 10

Imagine a seguinte situação, você está usando seu computador, até lhe aparecer a atualização do Windows o que de início parece ser normal, mas essa atualização o força obrigatoriamente a interromper suas atividades e reiniciar sua máquina até que o processo seja finalizado. Sem dúvida esse procedimento é uma das piores frustrações que boa parte dos usuários do Windows sofre, mas dessa vez não estamos falando de atualização para o bom desempenho do seu sistema e sim do upgrade para o Windows 10.

Se você utiliza o Windows 7, fique atento pois a Microsoft vai começar a influenciar os usuários a deixarem o sistema, através de campanha para incentivar a migração de quem ainda não está com alguma versão do Windows 10, a empresa já havia anunciado o fim do Windows 7 para o começo de 2020. De acordo com a empresa ChannelEye, a Microsoft começará a enviar avisos impactantes para os usuários no início de 2019 para atualizarem seus computadores antes do prazo estabelecido, conforme citado.

A Microsoft implantou o aprendizado no software capaz de treinar um “modelo preditivo” (resumindo isso seria uma função matemática), ou seja, o Windows 10 será capaz de prever com exata precisão qual o melhor horário para reiniciar o computador para futuras atualizações. De acordo com a Microsoft Windows Insider o sistema irá fazer uma verificação para possivelmente reiniciar seu computador para não ter problemas. No começo do mês de julho alguns dados divulgados pela companhia NetMarketShare indica que alguns usuários ainda preferem a versão antiga da plataforma, ou seja, o Windows 7.

O novo sistema Windows 10 terá novos recursos e funcionalidades. A líder de produtos e marketing da Microsoft Louisa Gauthier comentou sobre essa campanha: ‘Qual é a razão do fim do suporte (Windows 7) ser tão importante para nós? Simples, é uma grande oportunidade para levar a modernidade a todos os clientes do mundo, essa nova oportunidade se estima em US$ 1 bilhão de dólares ao reunir todos os serviços de parceiros. Assim como foi a situação do Windows XP, temos novamente a tarefa de agregar ao novo sistema, pois talvez pareça difícil a possível interação com esse novo software, pois a versão do Windows 10 traz uma aparência um pouco complicada de se compreender e outras mudanças que também dificultam, a Microsoft recomenda que essa atualização seja feita não por aparência ou novas tecnologias e sim pela segurança e modernização do sistema.’

Desde de seu lançamento em 2009 o Windows 7 teve diversas atualizações que começou com: Starter, Home Basic, Home Premium, Professional, Enterprise e o mais utilizado por todos o Ultimate, já o Windows 10 conta com: Home, Mobile, Pro, Enterprise, Enterprise LTSB, Education, Mobile, Mobile Enterprise e ioT Core. De acordo com pesquisas realizadas pela empresa Statcounter eles obtiveram resultados de que o Windows 10 tem 42,78% e o Windows 7 teve 41,86% de popularidade, e apesar da diferença ser mínima, para o Microsoft é muito importante, pois é como se finalmente tivesse chegado a hora de virar a página. Em outros números segundo a própria Microsoft o Windows 10 já roda em mais de 600.000.000 milhões de dispositivos entre eles, computadores, tablets, smartphones, dentre outros.

Quem ainda gosta de utilizar o Windows 7, ainda contará com suporte e receberá atualizações de segurança até sua data estimada, mas infelizmente não será possível baixar novidades para usar, pelo fato de não estar suprindo algumas necessidades no mercado atual, tanto pessoal e empresarial, como por exemplo usar a função de múltiplos monitores simultaneamente, a função Shell que é preparada para telas sensíveis ao toque (função que só chegou depois do Windows 8), para as empresas fazer um upgrade assim talvez será tão significativo pelas inúmeras aplicações, infraestrutura, etc., que já estão prontamente configuradas e funcionais. Grandes empresas já estão migrando completamente para o Windows 10, mas boa parte das médias e pequenas devem esperar mais um pouco para promover a mudança. Por um longo tempo era possível atualizar o Windows 7 Service Pack 1 para o Windows 10 Home ou Pro gratuitamente, mas por softwares não compatíveis, novidades que não agradem ou outros motivos, muitos usuários não fizeram o upgrade e apesar de ainda ser muito utilizado para a Microsoft chegou a hora de dizer tchau, tchau.

Alguns usuários terão a oportunidade de testar o novo modelo do sistema Windows 10 em suas versões com codinome Redstone 5 e 19H1, onde a ideia é que tanto desenvolvedores quanto os usuários testem e deem feedbacks sobre o novo mecanismo, a fim que ela esteja completa e preparada para sua versão final.

E você já fez o upgrade ou ainda irá utilizar o Windows 7?


  Automação